Cielle Design

Como já disse uma vez aqui no blog, no post sobre a coleção Verão 2014 da Animale, sou muito básica em tudo o que uso, mas sempre procuro produtos diferenciados e com qualidade. No quesito acessórios, é exatamente isso o que a marca Cielle oferece aos seus clientes. Conheci a marca há algum tempo, através do instagram e foi amor a primeira vista! A delicadeza, o colorido e a exclusividade foram elementos que me prenderam no mesmo instante e em poucos dias meu pedido de duas pulseiras já estava em mãos, com uma embalagem super cuidadosa e bonitinha!

Fui super super bem atendida e agora com o blog me deu vontade de entrevistar a pessoa por traz da marca, a Céline, que tirou toda a minha curiosidade a respeito da identidade da marca. Céline é francesa, moradora de São Paulo há 10 anos e vive entre lá e cá, com o coração dividido!  Com suas andanças e paixão por acessórios, criou a Cielle, sua estrelinha que caiu do céu e suas grandes fontes de inspiração são as simbologias, os significados, os momentos bons da vida, lembranças, os sentimentos, as datas e números. Ela fez até um estudo de numerologia básica para entender como eles influenciam na vida de cada um de nós e essa coleção “Save The Date” é como um carro chefe da marca, que nunca sai de linha.

A Cielle tem exclusividade desde o uso de materiais, confecção das peças até o atendimento ao cliente. Existem produtos em prata de lei, com banho de ouro, madre-pérola, uso de fios de seda, fita tiedye, couro e pedras naturais. A coleção verão 2014 entitulada “Zanzibar” tem como inspiração os elementos marinhos, aimensidão do mar, com todas as suas sensações, búzios e cores como coral, turquesa e neons. 

A entrevista na íntegra pode ser conferida abaixo e eu quero agradecer muito a querida Céline pela disponibilidade, gentileza e simpatia e pela oportunidade de me permitir dividir com vocês um trabalho do qual gosto tanto! Apesar de ser francesa e dizer que tem sotaque, a Céline está de parabéns pelo português impecável! Vida longa a Cielle Design!!!!

PR: Céline, você é francesa e pelo que vi no site da Cielle, se divide entre SP e Paris. Há quanto tempo você está aqui, como e porque escolheu o Brasil? 

C: Sim! Sou do Sul da França, e estou sempre entre SP, Paris e Toulouse. Toda a minha família mora na França. Em novembro vou comemorar 10 anos de São Paulo. O Brasil foi uma verdadeira escolha de vida e um amor a primeira vista! Mas continuo com sotaque, lógico!! Os brasileiros são muito receptivos e estou muito feliz aqui, aonde eu consegui realizar muitos sonhos. 

PR: De onde surgiu a Cielle? Você teve uma formação em design de interiores mas sempre sonhou em trabalhar como designer de acessórios? Nos conte um pouquinho sobre a sua trajetória!

C: Cielle é uma mistura de duas palavras francesas - LE CIEL (o céu), e ELLE (ela), e de uma expressão Tomber du ciel (cair do céu), tipo uma estrelinha que caiu do céu. Assim meu logo e minha marca nasceram. Estudei Direito na França e aqui me formei em Design de Interiores. Em relação ao mundo da moda, comecei a criar acessórios por paixão. Trabalhar com elementos da simbologia, dos valores sentimentais das coisas boas da vida, a energia positiva, a felicidade. Tudo isso me motiva e me inspira ao desenvolver uma coleção.

PR: A Cielle Design tem uma proposta bem diferente, trabalhada em cima de significados, de transmissão de mensagens positivas, de sentimentos, datas, pessoas, momentos importantes da vida de cada um de nós. Porque disso? Isso tem algum motivo pessoal e específico ou é só uma questão de fazer um trabalho personalizado?

C: Morei alguns anos no México. Lá conheci uma pessoa quem me presenteou com um antigo botão gigante de madre-pérola. Me encantei com a peça e resolvi usá-la como colar, que se tornou o meu primeiro amuleto, minha primeira mandala. Acredito no poder das peças e das energias que colocamos nelas. Foi como tudo começou. Como é bom lembrar disso agora... Lá comecei a produzir colares de pedras naturais. Já no Brasil, a minha primeira coleção  foi a coleção Save The Date, com pulseiras e pingentes com números. A repetição de números na minha vida me chamou a atenção. Comecei a estudar numerologia básica e a entender melhor a interação dos números na vida da pessoas. As datas comemorativas marcam histórias na vida de cada um. Essa coleção nunca vai sair de linha, pois faz parte da história da Cielle. Adoro o que faço e tenho sido muito feliz. Assim, as mensagens, a emoção e a alegria que tento passar através das minhas coleção refletem o meu estado de espírito.

PR: Você é a responsável por todas as criações? Como é o seu processo criativo?

C: Desenho, desenvolvo, pesquiso materiais, e conto com uma oficina que produz as minhas peças de prata. Eu faço a montagem das pulseiras e colares. Passo muito tempo desenhando, e sempre sai uma peça nova!! O processo criativo nunca para...

PR: Além de produtos em prata de lei, banho de ouro, madrepérola, uso de fios, fita tiedye de seda e couro, você também tem algumas peças em pedras naturais e fala muito do poder dessas pedras. Essa é uma influência brasileira no seu trabalho?  

C: A miscigenação das raças e o misticismo são riquezas que fazem parte da cultura e da essência do Brasil, e isso evidentemente me influenciou profundamente. No caso das pedras, cada uma delas tem energia própria, e deve ser usada para o bem estar que ela proporciona. Além disso, a nova coleção Zanzibar / Verão 2014 está repleta de elementos marinhos, com todas as sensações boas e alegria que o mar nos proporciona.

PR: Suas peças são todas muito delicadas e basicamente só pulseiras e colares. Mas já vi em suas postagens algumas ecobags e nécessaires. Tem vontade de explorar outros acessórios, como bolsas e brincos? Ou o que gosta mesmo de produzir são somente pulseiras e colares?

C: Comecei a trabalhar com fornecedores de couro do sul, e dai nasceu a Etoile, uma bolsa grande e de couro macio. Fiz também uma linha de nécessaires com mensagens bem coloridas e divertidas, além de uma linha de bolsas de feira THE BOM MARKET, uma pitada de humor em relação a loja Le Bon Marché de Paris especializada em artigos de luxo. A tendência é aumentar a linha de joias e também lançar mais acessórios, sempre procurando transmitir mensagens positivas!

PR: Além de enviar via sedex para todo o Brasil, você vende em uma loja em SP e possui um atelier/showroom onde atende clientes com horários agendados. Seu trabalho é muito personalizado, desde as peças que desenvolve e vende até o atendimento com os clientes. Você pretende ampliar a Cielle, tem vontade de abrir várias lojas, ter revendedores ou acha que isso pode tirar um pouco das características da sua marca?

C: Através das redes sociais, como o Instagram (@bycielle), por exemplo, a Cielle fica cada vez mais conhecida. Talvez o próximo passo seja abrir um e-commerce, pois tenho recebido muitos pedidos nesse sentido. Mas quero continuar com o atendimento exclusivo, acompanhar a realização de cada peça e ter sempre contato com meus clientes. Através das pulseiras nasceram muitas amizades!! Para mim é um prazer receber em meu espaço, e uma boa oportunidade de mostrar todas as coleções. Ah, e  também de dar boas risadas!!